segunda-feira, 9 de abril de 2012

RESENHA: Espelho Espelho Meu




Mirror, Mirror, Estados Unidos, 2012, Direção: Tarsem Singh Elenco: Júlia Robertd, Lily Collins, Armie Hammer e Nathan Lane.



Mais uma releitura do famoso conto dos Irmãos Grimm, dessa vez sob o ponto de vista da Rainha Má, a aventura recebe uma injeção cavalar de humor, como também demonstra uma preocupação muito comum nas adaptações recentes dos Contos de Fadas, apresentar ao público heroínas não tão ingênuas e frágeis como ficaram conhecidas.


Neste Espelho Espelho Meu, Branca de Neve ( Lily Collins, a vontade com a personagem) ainda é uma boa menina, linda, meiga, gentil, educada, habilidosa, amada por seus súditos, irresistível, porém, transmuta-se em uma guerreira astuta quando exposta a trágica realidade de seu povo.



A Rainha Má ( Júlia Roberts em grande performance) continua Má, é a única no Reino a não ceder aos encantos de Branca de Neve, possui um fantástico guarda - roupas real, é fútil, esbanjadora, e muito engraçada, a seqüencia de seu tratamento de beleza é hilária.


Já o Príncipe ( o belo Armie Hammer) não é encantado, e sim encantador, tanto que arrebata de cara o coração de Branca de Neve, além de ser capaz de perturbar até mesmo a impenetrável Rainha, tem participação mais efetiva na aventura, bem diferente das pontas nos finais as quais estamos acostumados, a ele também é elegante nas cenas de ação, seu embate com Branca de Neve rende ótimas seqüencias, e competente nas cenas cômicas  como é mostrado na cena em que fica enfeitiçado.



Os anões já não são mineradores, e sim renegados, praticam assaltos na floresta para sobreviver disfarçados de gigantes, suas seqüencias são sempre divertidas, e cheias de ação. Tentam em vão resistir aos encantos de Branca de Neve. A fita ainda conta com a participação do veterano da Broadway Nathan Lane, como o Mordomo Real, bajulador, divertido e covarde, é outro que não resiste a Branca de Neve. 



Este Espelho Espelho Meu faz muitas referências aos outros contos famosos, como por exemplo na cena do baile a fantasia, o mordomo se veste de Dona Baratinha, Branca de Neve é a Rainha Cisne, o Príncipe é a Lebre e o seu serviçal a Tartaruga, em um momento da aventura Branca de Neve se disfarça de Chapeuzinho Vermelho, além da tática da Rainha Má para continuar extorquindo a já miserável população, ela aterroriza-os com a Fera. 


É uma ótima pedida para a família, todos irão se divertir independentemente da idade, é uma delícia de ver.



Nenhum comentário:

Postar um comentário